Muitas pessoas sonham em ter uma piscina em casa, afinal de contas não há nada melhor para se refrescar em dias de muito calor. Mas, para se ter uma, é preciso escolher com cuidado o formato, profundidade, tipo e, inclusive, os pisos para borda da piscina.

A escolha de pisos para a borda não afeta somente na estética e na beleza, mas também na segurança e manutenção. Continue aqui e veja qual a importância de saber escolher bem o revestimento, assim como alguns fatores que devem ser levados em consideração.

Por que é importante escolher bons pisos para borda da piscina?

A importância de se fazer uma boa escolha de pisos para essa área da piscina se dá, em primeiro lugar, pela segurança no local. Afinal de contas, os bons momentos de diversão não podem se transformar em preocupações. Sendo assim, as bordas precisam ser cuidadosamente projetadas.

Existem no mercado muitas opções de revestimento para essa finalidade, mas alguns materiais acabam se mostrando inapropriados para o uso, por trazerem desconforto, causar escorregões e até mesmo acidentes mais graves.

Quais os tipos de piso para borda?

Os tipos de piso para bordas de piscina são bem variados com relação a tamanhos, formatos, estilo, cores e material. Alguns exemplos são os tradicionais, com borda elevada, borda infinita e borda de praia. Esses formatos são encontrados em diferentes materiais e podem mudar a aparência.

Alguns dos tipos existentes no mercado são:

  • porcelanato ou cerâmica;
  • pedras naturais;
  • concreto;
  • agregados naturais;
  • agregados ecológicos (materiais recicláveis);
  • decks de madeira.

Para escolher o mais apropriado, é bom seguir alguns critérios, como rugosidade, aderência, facilidade de limpeza e, o principal deles, a resistência ao escorregamento, popularmente conhecidos como antiderrapantes. Nesses caso, o revestimento que mais se destaca é o porcelanato.

Porcelanato para bordas da piscina

O porcelanato é o material mais recomendado para essa finalidade, por ser menos poroso que a cerâmica comum, o que o torna mais impermeável e durável. Em relação aos diversos pisos existentes, ele é um dos mais baratos do mercado e contém uma grande variedade de cores, texturas e tamanhos.

Alguns tipos de porcelanato ainda remetem aos pisos de madeira ou de pedra, e ainda são bem mais resistentes do que esses materiais. Ele tem como vantagem também a fácil manutenção e é um tipo de revestimento que não desbota no sol.

Os porcelanatos também podem ser encontrados em versões antiderrapantes, que vão garantir a segurança e evitar escorregões e acidentes à beira da piscina. Atente-se na escolha de produtos que tenham propriedades térmicas para não aquecer demais com a exposição ao sol.

Por fim, uma maneira de facilitar bastante o uso do porcelanato é a opção de poder comprá-lo já cortado e pronto para a instalação. É uma forma muito mais tranquila de projetar e aplicar o revestimento, além de trazer bastante economia para o comprador.

Bem, você viu como é importante escolher um bom revestimento para a borda da sua piscina e qual o tipo mais adequado para tal finalidade. Sendo assim, ficou muito mais fácil projetar a construção da sua piscina para todos aproveitarem a diversão com segurança.

E aí, gostou de aprender um pouco mais sobre pisos para borda da piscina? Ficou interessado em ver mais conteúdos sobre esse assunto? Então, assine nossa newsletter para continuar nos acompanhando!

Escreva um comentário

Share This