Quer aprender a enxugar o orçamento de reforma economizando de forma inteligente? Em tempos de crise, essa é uma habilidade fundamental para um bom profissional. Você pode garantir que seus clientes diminuam seus gastos sem comprometer a qualidade e a criatividade da obra.

Então, que tal conhecer algumas dicas para alcançar um bom resultado? Acompanhe as informações a seguir e se prepare para oferecer um menor custo aos seus clientes sem reduzir o lucro do escritório.

Feche boas parcerias com lojas, marcas e outros profissionais da área

Uma dica fundamental para diminuir o valor das obras dos clientes é ter uma ampla lista de fornecedores, firmando parcerias com lojas e marcas especializadas que possam garantir descontos exclusivos.

Para isso, leia sempre revistas de construção e decoração, pois muitas marcas anunciam nesses espaços e você pode conhecer melhor o trabalho de cada uma delas.

Outra atitude muito útil é frequentar feiras e eventos de arquitetura, pois esses locais oferecem excelentes oportunidades de conversar pessoalmente com os representantes das marcas. Assim, você pode verificar os produtos de perto e conhecer as tendências do mercado.

Depois de estabelecer a parceria, mantenha sempre o contato e o bom relacionamento com o fornecedor, fazendo pequenos gestos que reforcem o acordo entre vocês e visitando-o pessoalmente.

Outra dica importante é fazer parcerias com outros profissionais da área. Por exemplo, se você é arquiteto, procure um engenheiro civil de confiança e vice-versa. Uma maneira de fazer isso é marcar uma conversa e mostrar seu portfólio. Isso também vale para outros profissionais da construção, como pedreiros, marceneiros, eletricistas etc. Ou seja, tenha sempre uma boa rede de contatos.

Pesquise e negocie com vários fornecedores

Ter boas parcerias é fundamental, mas não garante tudo. Pesquise com os fornecedores o melhor custo-benefício e faça uma planilha de orçamento. Fique atento, pois nem sempre pagar pelo menor preço é o mais vantajoso. Verifique também a qualidade do serviço e a seriedade da empresa.

Além disso, outra possibilidade é avaliar a possibilidade de desconto e as formas de pagamento. Produtos em maior quantidade e com pagamento à vista tendem a ser mais baratos. Se necessário, compre produtos antecipadamente e negocie entregas parciais para a obra do cliente.

Utilize marcas alternativas de produtos

Embora todo mundo tenha suas marcas favoritas, nem sempre elas se encaixam no orçamento de reforma do cliente. Por isso, busque marcas alternativas que apresentam preço mais baixo.

Mas cuidado para não perder a qualidade em busca de preço reduzido! Vá pessoalmente até as lojas e verifique se os produtos são compatíveis com as marcas de referência, de maneira a avaliar o custo-benefício de cada um deles.

Durante esse processo, sempre deixe o cliente a par de todas as suas escolhasa fim de evitar problemas durante a obra.

Procure acabamentos diferentes

Procurar acabamentos diferentes ajuda a reduzir muito o orçamento de reforma. Em paredes que receberiam um revestimento de tijolos aparentes ou pedras, por exemplo, sugira o uso de adesivos epapéis de parede que imitam o mesmo produto. O efeito visual é incrível e o custo é bem reduzido.

Troque pisos e rodapés de mármore ou madeira maciça por peças de porcelanato que reproduzem os mesmos materiais naturais. A aparência desses pisos e rodapés de porcelanato é perfeita e o custo é muito mais baixo. Além disso, eles garantem mais durabilidade e facilidade de conservação e limpeza, já que são resistentes a altas temperaturas e umidade.

O mesmo vale para bancadas de cozinhaárea gourmet e banheiros. Substitua as bancadas de pedra natural, como mármore e granito, por bancadas de porcelanato, que conferem a mesma qualidade e ainda apresentam uma versatilidade grande de cores e formatos.

Por fim, outras opções para reduzir o orçamento da reforma são: trocar cortinas por persianas, fazerclosets sem portas, utilizar paredes de drywall e revestir apenas algumas paredes de banheiros com azulejos, porcelanatos ou pastilhas, pintando as demais.

E então? Gostou das nossas dicas? Seguindo essas orientações, temos certeza de que você conseguirá fazer um orçamento de reforma reduzido, de maneira a agradar ao cliente, mas não prejudicar a obra.

Se você ficou interessado nesse assunto ou tem alguma dúvida, deixe um comentário neste texto e siga mais dicas como essa!

Escreva um comentário

Share This